Agricultura familiar, dinâmica produtiva e estruturas de mercado na cadeia produtiva do leite: elementos para o desenvolvimento territorial no Noroeste de Minas

Leonardo Ventura Araújo, Sandro Pereira Silva

Resumo


A cadeia produtiva do leite é de grande importância para os agricultores familiares do Território da Cidadania Noroeste de Minas, representando a principal fonte de renda. Através de entrevistas com os agentes envolvidos na produção e comercialização do leite, obtiveram-se os principais resultados do trabalho. Dentre eles, pode-se destacar que os produtores da região utilizam-se intensivamente de suplementação alimentar para seu rebanho leiteiro, principalmente rações, tornando seu custo de produção elevado. A maioria dos produtores utiliza-se de tanques de resfriamento comunitário para armazenamento e comercialização do leite, este é vendido para grandes empresas do setor lácteo instaladas na região ao preço médio de R$0,60 por litro. Sendo que, 50% do preço é fruto de bonificações concedidas ao produtor pela qualidade e quantidade produzida. Foi encontrado apenas um laticínio de produtores familiares na região, responsável pela captação diária de 15 mil litros de leite. Foi verificado também que os produtores não acessam mercados institucionais, ou pela falta de conhecimento ou pela falta de estrutura organizacional.

Palavras-chave


Território rural; Produção de leite; Comercialização; Nova Economia Institucional; Nova Sociologia Econômica

Texto completo:

PDF