Arranjos produtivos locais e suas influências no desenvolvimento da economia regional

Emilhani Mengatto Soerger, Edson Aparecida de Araujo Querido Oliveira, Monica Franchi Carniello

Resumo


As discussões sobre arranjos produtivos locais vem adquirindo uma crescente relevância na literatura da economia industrial. Este interesse tem origem devido as mudanças ocorridas diante do ambiente competitivo das empresas, sendo assim tais discussões implicam na abordagem das teorias que buscam explicar as relações entre economia e espaço. Os apontamentos teóricos indicam a evolução do conceito de desenvolvimento, com a valorização das aglomerações industriais e ativos territoriais. Neste sentido, este artigo busca verificar as influências dos arranjos produtivos locais com o contexto do desenvolvimento da economia regional. A pesquisa utilizou o método bibliográfico, a partir de fontes secundárias da literatura, com uma análise qualitativa, descritiva das relações existentes neste contexto de discussão. Os resultados mostraram que, na efetivação da política estudada neste trabalho, os arranjos produtivos locais influenciam positivamente o alcance dos seus objetivos e se constituem em uma forte ferramenta de apoio, tendo uma importância de destaque entre os fatores que impulsionam o desenvolvimento da economia regional.

Palavras-chave


Gestão; Desenvolvimento Regional; Aglomerações Territoriais; Arranjos Produtivos Locais.

Texto completo:

PDF