Capital social na constituição e operacionalização do P1MC: uma análise de dimensões desenvolvidas na microrregião de Juazeiro – BA

José Raimundo Cordeiro Neto, José de Arimatéia Dias Valadão, Jackeline Amantino de Andrade

Resumo


Este artigo trata da experiência de formação e operacionalização do Programa Um Milhão de Cisternas Rurais (P1MC), no Semiárido brasileiro, analisando a manifestação de capital social no caso da microrregião de Juazeiro-BA. Abordando o capital social como elemento multifacetado, as dimensões integração e linkages são privilegiadas na análise, feita a partir de dados secundários e de dados primários, estes últimos obtidos da realização de entrevistas semi-estruturadas. Os achados permitem identificar na ação organizacional da Igreja Católica, ao longo das últimas quatro décadas, a emergência de processos que dotaram as comunidades rurais da região de notáveis manifestações de integração e de linkages. Essas formas de capital social dinamizaram, de modo complementar, as ações que levariam à constituição e operacionalização do P1MC e, simultaneamente, foram fortalecidas e expandidas, a partir das ações, empreendidas com a implantação do referido programa.

Palavras-chave


P1MC; Capital social; Integração; Linkages; Semiárido brasileiro.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X

RBGDR está indexada em: