Polo de Desenvolvimento Regional e Ambiente Inovador: Estudo Empírico na Cidade de Sorocaba

Gustavo Benevides, Luis Paulo Bresciani

Resumo


O presente artigo objetiva analisar quais são os fatores que fomentam e constituem o ambiente inovador no território de Sorocaba. Para tanto, foi necessário investigar as articulações promovidas entre os setores: público, privado, universidades, centros de pesquisa, e atores sociais relevantes, no que tange à promoção de um sistema local de inovação orquestrado de forma a aprimorar o capital social local e as relações de cooperação e aprendizado. A abordagem metodológica da pesquisa foi alicerçada na visão interpretativista. A pesquisa foi estruturada em duas etapas: primeiramente realizou-se um estudo em fontes de dados secundários e posteriormente, realizou-se a pesquisa empírica, através de entrevistas semi-estruturadas com os principais atores que promovem a constituição do polo de desenvolvimento e ambiente inovador no território de Sorocaba. A hipótese que orienta a pesquisa está focada no argumento da configuração de Sorocaba como centro de uma cidade polo, inovadora, que promove o desenvolvimento regional, a partir de políticas e iniciativas estruturantes que se articulam entre a gestão pública e os investimentos privados, em meio a uma dinâmica de desenvolvimento territorial marcada por coesão e conflitos.

Palavras-chave


Polo de Desenvolvimento; Ambiente inovador; Cooperação e Governança institucional; Dinâmica da aprendizagem; Desenvolvimento local.

Texto completo:

PDF