A gestão estratégica organizacional e a utilização do planejamento estratégico situacional: um estudo de caso em uma pequena empresa de serviços em Itapeva, SP

Oderlei Ferreira dos Santos, Fernando de Almeida Santos, Neusa Maria Bastos Fernandes dos Santos, Jorge Luiz Knupp Rodrigues

Resumo


Este trabalho visa identificar quais os resultados de um diagnóstico sobre a gestão estratégica de uma pequena empresa do setor de serviços da cidade de Itapeva, SP. Foi realizado um estudo de caso, por meio da aplicação da Análise Estratégica Tridimensional, descrita por Santos (2014), que tem por objetivo identificar como se desenvolvem as ações estratégicas na organização, tendo como embasamento os modelos de Planejamento Estratégico Tradicional e Planejamento Estratégico Situacional. A relevância do estudo consiste na visibilidade das dificuldades que as micro e pequenas empresas possuem para institucionalizar métodos de planejamento estratégico, levando a problemas de competitividade. Os resultados demonstram que, embora não tenha um método formal de planejamento estratégico instituído, a empresa desenvolve diversas ações estratégicas que a mantém atuante no mercado e que a gestão pode ser ajustada em alguns aspectos para aprimorar os conceitos estratégicos praticados.

Palavras-chave


Gestão estratégica. Pequenas empresas. Diagnóstico estratégico, Planejamento estratégico situacional.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.