UMA PESQUISA DIAGNÓSTICA NO ARRANJO PRODUTIVO LOCAL MOVELEIRO DA REGIÃO DO GRANDE ABC

Geraldo Cardoso Oliveira Neto, Jadir Perpétuo Santos, Alexandre Costa Gonçalves

Resumo


O Arranjo Produtivo Local (APL) constitui uma estratégia inovadora no contexto das profundas transformações das organizações diante da competitividade. Neste artigo, tem-se como objetivo realizar pesquisa diagnóstica em 52 empresas da APL de um total de 68 organizações para compreender o fenômeno da formação e dificuldades do arranjo produtivo local do segmento moveleiro (APL da região Metropolitana de São Paulo). Essa pesquisa foi desenvolvida com o apoio do Serviço Brasileiro de Apoio Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE-SP), do Sindicato da Indústria do Mobiliário de São Paulo (SINDIMOV), do Sindicato das Indústrias de Móveis de São Bernardo do Campo (SIM-ABC) e do APL Moveleiro Paulista, possibilitando mapear nove aspectos de seu cenário industrial, que são: recursos humanos, gestão da produção, gestão da qualidade, investimentos, tecnologias, compras, distribuição, marketing e serviços. O método de pesquisa utilizado foi o exploratório para a revisão da literatura e desenvolvimento de formulário de entrevista semiestruturada. Para coleta de dados, realizaram-se entrevistas semiestruturadas em observação participante para compreender com profundidade o objeto estudado. No processo de análise dos dados, utilizou-se a estatística descritiva, suficiente para quantificar a pesquisa diagnóstica. Os resultados mostram que há dificuldades no setor, mas que tem despertado nos empresários a necessidade de melhorar a competitividade por meio de tecnologia, troca de informações, boas práticas, parcerias, dentre outras.

Palavras-chave


Arranjo Produtivo Local; Pesquisa Diagnóstica; Desenvolvimento; Competitividade

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X

RBGDR está indexada em: