ENERGIA EÓLICA E MUDANÇA CLIMÁTICA: ESTRATÉGIAS DOS INTEGRANTES DA CADEIA DE SUPRIMENTO

Mônica Cavalcanti Sá de Abreu, Alexandra Alencar Siebra, Ana Rita Pinheiro de Freitas, Sandra Maria dos Santos

Resumo


O trabalho analisa as estratégias climáticas adotadas por empresas geradoras de energia eólica e os fornecedores de tecnologia. Uma pesquisa exploratória foi realizada com empresas integrantes desta cadeia de suprimentos que operam no Brasil. Os resultados indicam que as suas estratégias empresariais são fortemente influenciados por políticas públicas de incentivo a geração de energia por fontes renováveis, com ênfase na realização dos leilões de energia eólica. Os acionistas e o governo federal exercem maior influência nas decisões estratégicas dos produtores de energia eólica. A prática empresarial mais adotada para a mitigação dos efeitos da mudança climática envolve o desenvolvimento de tecnologia com foco na melhoria da eficiência operacional dos aerogeradores. A pesquisa demonstra um alinhamento entre as estratégias dos produtores e fornecedores, estimulando o desenvolvimento de uma matriz energética sustentável, que garante a segurança energética e responde aos desafios decorrentes da mudança climática.

Palavras-chave


Energia eólica; estratégia; stakeholders; mudança climática

Texto completo:

PDF