POLÍTICAS PÚBLICAS E ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS: UMA ANÁLISE BASEADA NA PARTICIPAÇÃO DAS ESFERAS PÚBLICAS

Marcos Junior Marini, Christian Luiz da Silva, Décio Estevão do Nascimento

Resumo


As discussões da literatura apontam para a valorização dos arranjos produtivos como uma das possibilidades para o desenvolvimento local ou regional. Ademais, observa-se uma ênfase atribuída aos APLs nas políticas públicas relacionadas a esse cenário. Nesse contexto, o objetivo deste artigo foi analisar a efetiva participação do poder público nas ações do APL de Confecções do Sudoeste do Paraná, sob a ótica dos investimentos realizados pelas esferas públicas em seu plano de desenvolvimento. Com relação aos aspectos metodológicos, a pesquisa caracteriza-se como um estudo de caso, com uma abordagem quanti-qualitativa. Os resultados demonstraram que mesmo com a explícita vinculação do apoio aos APLs nas políticas públicas estaduais e federais (PPAs), a participação dessas instâncias governamentais foi pouco expressiva e insuficiente no plano de desenvolvimento do APL analisado. Ademais, ficou evidente uma maior participação do poder público municipal, tanto no número de ações como no aporte de recursos financeiros. Como encaminhamento, sugere-se uma investigação mais específica sobre as relações institucionais mantidas nesse cenário, visando compreender os entraves que estão impossibilitando uma maior aproximação entre o discurso e a prática.

Palavras-chave


Políticas públicas; Arranjos Produtivos Locais; Desenvolvimento regional

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X

RBGDR está indexada em: