A DINÂMICA DA INOVAÇÃO: MECANISMOS DE ARTICULAÇÃO NA REGIÃO METROPOLITANA DE CAMPINAS

Gustavo Benevides, Luis Paulo Bresciani, Dionísio Santos Junior

Resumo


O presente artigo tem por objetivo identificar e analisar a dinâmica da inovação sob a perspectiva dos mecanismos de articulação e governança territorial do Sistema Regional de Inovação, localizado na Região Metropolitana de Campinas, visando analisar o papel das redes de inovação para o desenvolvimento regional. Para tanto, foi necessário investigar as articulações promovidas entre os setores: público, privado, universidades, centros de pesquisa, e atores sociais relevantes, no que tange à promoção de um sistema de inovação orquestrado de forma a aprimorar o capital social local e as relações de cooperação e aprendizado. A abordagem metodológica da pesquisa foi alicerçada na visão interpretativista. A pesquisa empírica foi realizada por meio de entrevistas semiestruturadas com diversos atores. A pesquisa analisou a inovação como tema estratégico na instituição e na região; políticas públicas de incentivo à inovação; relações de cooperação entre os atores; processos de aprendizagem; processos de difusão das inovações; desafios, barreiras e dificuldades encontrados. Os resultados indicam a necessidade de um novo patamar de maturidade no sistema regional de inovação, com maior articulação das redes de inovação e maior integração da base de ciência, tecnologia e inovação visando desafios mais amplos do território, em prol do desenvolvimento socioeconômico da Região Metropolitana de Campinas.

Palavras-chave


Redes de inovação; Regiões metropolitanas; Articulação territorial; Desenvolvimento regional

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.