CULTURA E COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL: A CONSTITUIÇÃO DA IDENTIDADE DOS SUJEITOS NO PROGRAMA CATAVIDA DE NOVO HAMBURGO/RS

Caroline Delevati Colpo

Resumo


Este trabalho tem como objetivo analisar a cultura e da comunicação organizacional do Programa Municipal de Gestão de Resíduos Sólidos Catavida na constituição da identidade dos catadores para o desenvolvimento regional. O Programa Catavida, entendido neste estudo como uma organização, foi criado e implantado pela Prefeitura Municipal de Novo Hamburgo, RS com o propósito de organizar a atividade de catação no município, e, neste sentido, busca proporcionar aos catadores condições adequadas de trabalho, justa remuneração e consequente melhoria na qualidade de vida. O estudo, de caráter exploratório qualitativo e quantitativo, utilizou-se de técnicas de pesquisa bibliográfica, documental, observação participante, questionários e entrevistas. Os questionários foram aplicados a 67 catadores e as entrevistas foram realizadas com 12 catadores pertencentes a organização. Dentre outros resultados, verificou-se que a cultura e a comunicação organizacional do Programa Catavida influencia a constituição de uma nova identidade aos catadores, uma vez que hoje sentem valorizados enquanto profissionais da catação. Quanto à contribuição do Programa para a vida dos catadores, pode-se constatar que a renda é o elemento mais importante na constituição de suas identidades.

Palavras-chave


Desenvolvimento Regional; Cultura; Comunicação Organizacional; Identidade; Programa Catavida

Texto completo:

PDF