DISPUTAS ENTRE CONHECIMENTO CIENTÍFICO E SABER LOCAL: O CASO DO PROJETO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL (PDS) SANTA HELENA EM SÃO CARLOS/SP

Leonardo Menezes, Thales Haddad Andrade, Joelson Gonçalves de Carvalho

Resumo


Partindo-se de uma análise crítica sobre a construção do conhecimento científico hegemônico e seu papel na redução da diversidade de saberes, este artigo tem como objetivo geral discutir as consequências do avanço científico frente a outras formas de saber, notadamente os saberes locais, buscando problematizar a relação entre o conhecimento científico e popular. Mais especificamente, objetiva-se verificar como os conhecimentos científicos agrários chegam e são incorporados em assentamentos rurais com perfil agroecológicos. Para tanto, metodologicamente, além de uma fundamentação teórica acerca do tema, este trabalho se valeu de uma pesquisa decampo em um assentamento rural no município de São Carlos/SP. Aponta-se, como conclusão, que os diferentes tipos de assistência técnica e extensão rural oferecidas a assentamentos rurais competem entre si e se sobrepõe e que quando oferecidas na perspectiva da agroecologia, ela não garante plenamente sua execução e que ainda é presente o perfil de difusão tecnológica que acaba por ampliar a dependência dos agricultores familiares.

Palavras-chave


extensão rural; agroecologia; conhecimento científico; saber local; rede sociotécnica

Texto completo:

PDF