AVALIAÇÃO DA SUSTENTABILIDADE NA AMAZÔNIA: A MESORREGIÃO NORTE DO AMAPÁ

José Alberto Tostes, José Francisco de Carvalho Ferreira

Resumo


A avaliação da sustentabilidade de municípios é já bem documentada na bibliografia internacional, muito embora seja praticamente inexistente nos municípios da Amazônia, em particular no Estado do Amapá. A utilização de indicadores surge da necessidade de se avaliar o processo de desenvolvimento, valendo-se de uma abordagem que incorpore diversos aspectos (sociais, ambientais, econômicos, espaciais, culturais e institucionais) e não somente os econômicos, tradicionalmente, os mais considerados. Pretende-se providenciar uma ferramenta que subsidie a tomada de decisão e as políticas públicas de desenvolvimento, incluindo o monitoramento de medidas, resultados e impactos e a comunicação com o público, além de encorajar e orientar indivíduos e instituições públicas e privadas a reconhecerem e mitigarem os efeitos que seus comportamentos e escolhas podem ter sobre a sustentabilidade municipal/estadual/nacional/global. Valendo-se de quatro dimensões (político-institucional, econômica, ambiental e sociocultural), este artigo apresenta a avaliação da sustentabilidade da Mesorregião Norte do Estado do Amapá, Brasil.

Palavras-chave


avaliação da sustentabilidade; indicadores de sustentabilidade; Mesorregião Norte; Estado do Amapá

Texto completo:

PDF