AÇÃO COLETIVA E CRIAÇÃO DE VALOR: UM ESTUDO NA ASSOCIAÇÃO DE PRODUTORES DE CORUMBATAÍ DO SUL (PR)

Isielli Mayara Barzotto Martins Tierling, Carla Maria Schmidt

Resumo


Este estudo utilizou-se dos métodos qualitativo e explicativo, através
da pesquisa documental e entrevistas, para que pudesse analisar a
influência (positiva e/ou negativa) das variáveis da Teoria de Ação
Coletiva sobre a criação de valor aos produtores familiares associados
à APROCOR. Como principal resultado, destaca-se a “Racionalidade
individual versus a racionalidade coletiva” como uma variável da
Teoria da Ação Coletiva que possui capacidade de influência em todas
as demais variáveis, uma vez que reflete a forma de compreensão e,
consequentemente, a atitude dos indivíduos na atuação conjunta com
os demais indivíduos. Conclui-se que as características do grupo
aliadas à forma como a ação coletiva se efetiva proporcionam
diferentes resultados na criação de valor.


Palavras-chave


Ação coletiva; Criação de valor; Agricultura familiar; Associação de produtores

Texto completo:

PDF