ANÁLISE INTERSETORIAL E ESPACIAL DA CADEIA PRODUTIVA DA MADEIRA E MÓVEIS NA ECONOMIA DE MATO GROSSO: UMA CONTRIBUIÇÃO PARA IDENTIFICAÇÃO DE APLS

Maria Daniele de Jesus Teixeira, Adriano Marcos Rodrigues Figueiredo

Resumo


A cadeia produtiva de madeira e móveis apresentou evolução
expressiva nos indicadores de renda e emprego no estado de Mato
Grosso. Emoldurado por esta afirmativa, este artigo objetivou
mensurar o impacto que as atividades desta cadeia possuem na
economia do estado, em particular, atividades de produção florestal e
atividades industriais ligadas ao processamento e comércio da
madeira. Este artigo contempla as teorias do desenvolvimento regional
tradicional, analisando os encadeamentos e efeitos multiplicadores do
setor na economia mato-grossense por meio da matriz de insumo
produto, associado ao novo paradigma do desenvolvimento regional
endógeno, através da localização de polos de setores especializados
mediante utilização do Índice de Concentração Normalizado (ICn),
relacionando com a probabilidade de existência de arranjo produtivo
local (APL).Os resultados demonstram que as atividades da cadeia

produtiva possuem impacto representativo na economia e são
essenciais para o desenvolvimento do estado, principalmente para os
municípios do noroeste, onde foi identificado o maior número de
possíveis APLs. Salienta-se também que as atividades de fabricação e
comércio de móveis precisam de maior desenvolvimento para
possibilitar maior agregação de valor na cadeia produtiva da madeira
dentro do estado.


Palavras-chave


Cadeia Produtiva da Madeira; Arranjo Produtivo Local; Desenvolvimento Regional

Texto completo:

PDF