DESENVOLVIMENTO, DESASTRES E RECONSTRUÇÃO: O CASO DE SÃO LUIZ DO PARAITINGA/SP, BRASIL

Victor Marchezini, Juliana Sartori, Juliano Costa Gonçalves

Resumo


Desastres têm sido cada vez mais recorrentes em diferentes partes
mundo e as políticas de reconstrução e recuperação têm sido um
desafio em comum. Esse processo tem adquirido pouca visibilidade no
Brasil. O objetivo deste artigo é descrever e analisar o
desenvolvimento do município de São Luiz do Paraitinga e as políticas
de reconstrução no pós-impacto das inundações ocorridas em janeiro
de 2010. A metodologia do trabalho incluiu pesquisa bibliográfica,
documental e de campo no município no período de 2010 a 2013,
entendendo que o processo de recuperação vai além do compreendido
pela pesquisa. A política de reconstrução foi caracterizada pela
substituição daquilo que se perdeu, reproduzindo uma ordem
socioespacial de outrora que historicamente se mostrou insustentável.

O estudo aponta para a necessidade de subsidiar as políticas públicas
de reconstrução e recuperação em desastres em associação às políticas
de desenvolvimento sustentável e redução do risco de desastres.


Palavras-chave


São Luiz do Paraitinga; reconstrução; recuperação; desenvolvimento; desastre

Texto completo:

PDF