CAPACIDADE INSTITUCIONAL DOS MUNICÍPIOS BAIANOS

Leonardo Batista Duarte, Carlos Eduardo Iwai Drumond, Naisy Silva Soares

Resumo


No presente artigo se estimou o Índice de Qualidade Institucional Municipal para Bahia no período de 2012. Usando o IQIM de 2012 e 2000 estudou-se a dinâmica intertemporal da qualidade institucional dos municípios da Bahia e seus possíveis padrões espaciais. Os resultados encontrados demonstraram que grande parte dos municípios baianos apresenta baixa participação popular nos conselhos municipais e baixa capacidade financeira. Por outro lado, uma parte considerável dos municípios do estado apresenta bons indicadores de capacidade gerencial. Com base nos dados percebe-se uma leve mudança positiva na qualidade institucional municipal na Bahia. Por outro lado, foram identificados poucos sinais de correlação espacial do IQIM, indicando existência de heterogeneidade institucional no estado.

Palavras-chave


Qualidade institucional; Administração pública; Desenvolvimento

Texto completo:

PDF