PERCEPÇÃO DOS PARTICIPANTES DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO EM RELAÇÃO À IMPLEMENTAÇÃO DAS DEMANDAS DA POPULAÇÃO: ESTUDO DE CASO NO MUNICÍPIO DE SANTANA DO LIVRAMENTO/RS

Jeferson Luís Lopes Goulart, Alessandra Troian, Nelson Henrique Quevedo Rosa

Resumo


O presente estudo tem por objetivo analisar a percepção dos participantes (gestor, delegados e representantes da comunidade) do processo do Orçamento Participativo em relação à implementação das demandas da população no período de 2013 e 2014, no município de Santana do Livramento, RS. A pesquisa caracteriza-se como exploratória, descritiva, de abordagem qualitativa, por meio de estudo de caso. Os entrevistados foram selecionados aleatoriamente nas listas das assembleias. Realizaram-se 15 entrevistas, a partir de roteiros semiestruturados com participantes do processo do Orçamento Participativo. Realizou-se ainda uma pesquisa nos documentos, os quais foram obtidos junto ao Gabinete de Relações Comunitárias e também na Secretaria de Planejamento do município. Como resultados, têm-se: os representantes do poder público e os representantes da comunidade têm conhecimento que as demandas não estão sendo realizadas, têm conhecimento sobre a não realização de algumas demandas, os últimos esperam que os delegados exijam o cumprimento das demandas. Já os delegados reconhecem que suas demandas não estão sendo efetivadas e exigem uma resposta do poder público. As demandas eleitas no Orçamento Participativo foram incluídas nos instrumentos orçamentários.

Palavras-chave


Orçamento Participativo. Demandas. Assembleia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.