ECONOMIA CRIATIVA COMO ALTERNATIVA A REDUÇÃO DO EMPREGO DA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA EM TAUBATÉ/ SP

Edson Trajano Vieira, Monica Franchi Carniello, Moacir José dos Santos

Resumo


O município de Taubaté apresenta forte especialização na indústria, sobretudo automobilística, que representou 44,91% da economia local em 2012, conforme dados de 2012 da Fundação Seade. Essa dependência setorial implica flutuações do emprego em momentos de retração da comercialização de veículos, como ocorreu após 2013. Entretanto, o município tem potencial para a expansão das atividades ligadas às cadeias de economia criativa, com a presença de expressiva diversidade cultural pertinente ao patrimônio material e imaterial. O objetivo do artigo é verificar o potencial das atividades ligadas a economia criativa como alternativa na geração de ocupações frente à retração do emprego nos setores produtivos tradicionais, como o da indústria automobilística. A pesquisa caracteriza-se como exploratória, de abordagem qualitativa, fundamentada em coleta de dados documental. Verificou-se a representatividade dos empregos e renda do setor da economia criativa no município e maior crescimento de empregos neste setor em relação aos empregos dos setores tradicionais. Conclui-se que a economia criativa representa para em Taubaté uma cadeia produtiva que contribui para a geração de emprego e renda e que pode ser potencializada como estratégia de desenvolvimento local.

Palavras-chave


Desenvolvimento local. Economia Criativa; Emprego; Taubaté.

Texto completo:

PDF