CULTURA, POLÍTICAS E DESENVOLVIMENTO: as correlações entre o local, o Plano Municipal de Cultura de Itajubá, MG, e geração de renda

Carlos Alberto Máximo Pimenta, Natácia Lamoglia de Souza, Lucas Peixoto de Lima, Sabrina Morais Ferreira, Silas Dorival de Oliveira

Resumo


Trata-se da relação cultura, desenvolvimento local e políticas culturais enfatizando os instrumentos normativos de direcionamentos, constituição e orientação de políticas públicas no município de Itajubá, sul de Minas Gerais. Essas possibilidades trazem consigo a necessidade de conhecimento sobre as demandas levantadas pelos representantes públicos no sentido da direção, intenções e prioridades pelas quais elas estão seguindo no campo das políticas culturais, principalmente em razão da adesão do município ao Sistema Nacional de Cultura (SNC), com base no Plano Nacional de Cultura (PNC). Objetiva-se apreender as intencionalidades preexistentes nos encaminhamentos, práticas e ações de geração de renda por meio do Plano Municipal de Cultura (PMC) de Itajubá. A abordagem assume caráter interdisciplinar em que considera as observações de campo da antropologia com diálogos com a sociologia, economia, administração pública, ciências políticas e as tecnologias, referencias por leis, documentos e entrevistas com gestores públicos. O PMC é apenas um ponto de partida para se pensar em políticas culturais em Itajubá e microrregião, levando-se ao extremo os estímulos à criação de órgãos antes não existentes que sejam capazes de dar suporte para a promoção da cidadania e de projetos efetivamente democráticos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X

RBGDR está indexada em: