ANÁLISE DAS CONTRIBUIÇÕES DO NOVO URBANISMO E DO BAIRRO PEDRA BRANCA/SC – BRASIL PARA A SOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE MOBILIDADE URBANA

Vanderlei Fabiano Gonçalves do Monte, Cristiano Capellani Quaresma, Claudia Terezinha Kniess, Maurício Lamano Ferreira, Diego de Melo Conti

Resumo


O estudo objetivou analisar se o Bairro Pedra Branca/SC - Brasil contribui para a solução de problemas de mobilidade urbana, tendo em vista que o mesmo se afirma como concebido com base nos princípios do Novo Urbanismo, os quais estão direcionados também para a solução de tais problemas. O estudo é do tipo descritivo com a abordagem quantitativa. Com base em técnica de amostragem não probabilística por conveniência aplicou-se questionário estruturado e impresso de origem e destino, adaptado a partir da Pesquisa de Mobilidade adotada pela Secretaria de Transportes Metropolitanos de São Paulo, a uma amostra de 46 respondentes no interior do Bairro. Os resultados demonstraram que o empreendimento não contribui para a solução de problemas de mobilidade urbana. Assim, 50% dos respondentes não estão satisfeitos com a questão da mobilidade urbana no Bairro. Os dados também demonstraram que a percepção dos respondentes apontou que o empreendimento fere princípios importantes do Novo Urbanismo, em especial os de números 1 e 8, que tratam da caminhabilidade e do transporte inteligente, respectivamente. Os resultados também apontaram para a má qualidade do transporte público, que desestimula o uso do mesmo e favorece o uso de automóveis, o que contraria algumas das prerrogativas do Novo Urbanismo. Por fim, os resultados permitem identificar, em relação à questão da mobilidade urbana, um descompasso entre as repercussões do discurso e as realizações efetivas do modelo do Novo Urbanismo, tal como observado por outros autores em relação a outros problemas urbanos.

Palavras-chave


Bairros Inteligentes. Bairros sustentáveis. Urbanização acelerada. Palhoça.

Texto completo:

PDF