Inovações tecnológicas e redes de cooperação na produção de acerola da Nova Alta Paulista

Timóteo Ramos Queiroz, Giuliana Aparecida Santini Pigatto, Andréa Rossi Scalco

Resumo


Esta pesquisa teve como hipótese principal o fato que as redes de cooperação entre os produtores, por meio da Associação Agrícola de Junqueirópolis, induz à realização de inovação de processo, de produto e de gestão. Para isto, objetivou-se: analisar os tipos de redes de cooperação existentes na produção de acerola; descrever e caracterizar os tipos de inovação tecnológica realizadas pelos produtores e relacionar as redes existentes com a ocorrência de inovações tecnológicas. Foi utilizado o método descritivo e de caráter qualitativo, com pesquisa de campo em dois grupos de produtores (associados e não-associados). Foi possível identificar e compreender como se configura o processo de inovação na atividade produtiva, tão bem como os arranjos de redes existentes. Relacionando-se as características de redes com a introdução de inovações tecnológicas pelos seus membros, foi possível constatar a participação efetiva da associação na indução de inovação de processo, de produto e de gestão.

Palavras-chave


Redes; Inovação; Acerola; Cooperação

Texto completo:

PDF