Cooperativismo de Trabalho: caminhos da geração de trabalho e renda

Arlete Cândido Monteiro Vieira, Fabio Ricci

Resumo


Essa pesquisa teve como objetivo geral a verificação do Cooperativismo de Trabalho como uma possível alternativa à geração de trabalho e renda. Sendo assim, procurou-se descrever os principais conceitos que definem a Economia Solidária e o Cooperativismo, dando um maior enfoque à experiência brasileira, mostrando suas origens históricas e evolução contemporânea. Passou-se a analisar a Cooperativa e sua atuação que vai além da geração de emprego e renda. A pesquisa foi do tipo exploratória, com os dados coletados de forma documental e de questionários e formulários e analisada com apoio bibliográfico. Apesar da crise do mercado de trabalho apresentar um quadro de complexo enfrentamento e dos desafios enfrentados pelas cooperativas não serem poucos, pôde-se concluir que essa forma de trabalho pode ser considerada uma alternativa aos trabalhadores excluídos, desde que inclinados à relações sociais que permeie a colaboração, a cooperação e a solidariedade, sejam direcionados por políticas públicas de apoio e incentivo, e organizem suas ações por um projeto, tendo como objetivo principal o resgate social e a cidadania.

Palavras-chave


economia solidária, cooperativismo, planejamento e desenvolvimento regional.

Texto completo:

PDF