O que deseja?


Google

Profissão: catador de material reciclável, entre o viver e o sobreviver
Luiza Ferreira de Rezende Medeiros
Kátia Barbosa Macêdo

Resumo
O artigo apresenta resultados de pesquisa que objetivou investigar as relações de trabalho entre catadores de materiais recicláveis e organizações de reciclagem dos materiais coletados. Os catadores atuam no município de Goiânia. A reciclagem de lixo urbano figura como atividade emergente após movimentos ambientalistas e de preservação ambiental. Embora gere vantagens ambientais indiscutíveis, sobressaem os aspectos econômicos. A catação de materiais recicláveis constitui, para muitos trabalhadores, única forma de garantir sobrevivência e possibilidade de inclusão num mercado de trabalho excludente. Esta pesquisa investigou como os catadores percebem suas relações de trabalho, as condições em que desempenham suas funções e as práticas do trabalho em cooperativas de reciclagem. Foram utilizadas entrevistas com dez catadores, as quais foram tratadas pela análise de conteúdo. Os dados revelaram relações de trabalho precárias e informais entre catadores e organizações de reciclagem. Os trabalhadores são expostos a periculosidade, são vítimas de preconceitos e estigmas e são excluídos de alguns ambientes sociais.

Palavras-chave: catador de Material Reciclável; precarização das relações de trabalho; inclusão social.

- - - - - - - - - - -

Profession: recycled garbage pickers, between live and survival

Abstract
The article presents results of research that investigated the work relations between recycled garbage pickers working in Goiânia and organizations that recycle such materials. The recycling of urban garbage figure as an emergent activity after environmentalist movements and environment preservation. Although it generates unquestionable environment advantages, the economic benefits excel. Collecting garbage, for many workers, is the only way to guarantee survival and inclusion in the excluding market. This research investigated the way garbage pickers understand their work relations, under what conditions perform their functions and the work practices in garbage picking cooperatives. Ten garbage pickers were interviewed and data analyzed by content analysis. Data showed precarious and informal work relations between garbage pickers and garbage picking cooperatives. The workers are exposed to danger, victims of prejudice and stigma, and excluded from some social places.

Key-words: Recycled Garbage Picker; Precarious Work Relations; Social Inclusion.

Texto completo: PDF