Desenvolvimento Regional e Proteção Social:Dilemas da Reforma Previdenciária Latino-Americana

Sidney Jard da Silva

Resumo


Nas últimas duas décadas do século passado, as reformas estruturais foram apresentadas como políticas imprescindíveis para o ajuste fiscal dos sistemas previdenciários latino-americanos. O presente artigo avalia o impacto sócio-econômico destas reformas. O trabalho está dividido em três partes. A primeira apresenta as principais características institucionais dos novos modelos previdenciários. A segunda examina as “promessas não cumpridas” pelos regimes de capitalização. A terceira discute os resultados sub-ótimos alcançados pelo processo reformista.

Palavras-chave


América Latina, reforma da previdência, privatização.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X