Vantagem competitiva e concentração espacial da indústria do Paraná (2000 – 2010)

Pascoal José Marion Filho, Henrique Reichert

Resumo


O artigo tem como objetivo avaliar a vantagem competitiva e a concentração espacial da indústria no Estado do Paraná no período de 2000 a 2010. Na análise, utiliza-se o método estrutural-diferencial para avaliar a vantagem competitiva e o índice de Herfindahl para determinar a concentração espacial. Os dados sobre estabelecimentos e pessoal ocupado foram obtidos na RAIS (2012). Conclui-se que de 2000 a 2005 o Estado teve um rápido crescimento baseado em indústrias consolidadas e que no período de 2005 a 2010 o ritmo expansivo foi menor, mas houve um aumento do número de setores especializados. No período como um todo, as indústrias mecânica, alimentícia, química e metalúrgica, destacaram-se pelas maiores taxas de crescimento. Além disso, ocorreu um processo de desconcentração espacial na indústria, ocasionado pelo aumento no número de estabelecimentos no interior do Estado em um ritmo mais rápido do que na região de Curitiba, exceto para a indústria de material de transporte e a indústria da borracha, fumo e couro.

Palavras-chave


Paraná; Vantagem competitiva; Concentração espacial

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X