Impactos ambientais da dinâmica de desenvolvimento da região noroeste colonial do Rio Grande do Sul

Dilson Trennepohl, Roberto Macagnan

Resumo


No contexto dos debates sobre o desenvolvimento regional, este artigo visa analisar os impactos ambientais produzidos ao longo da trajetória de desenvolvimento da Região Noroeste Colonial, procurando identificar como essa questão foi contemplada na atuação de seu Conselho Regional de Desenvolvimento – COREDE – NORC. Faz-se um esforço de recuperação da trajetória histórica da região, apontando alguns dos principais impactos ambientais do processo de povoamento e ocupação do território, da modernização da agropecuária e o seu reflexo na dinâmica populacional. A atuação do COREDE é analisada na perspectiva de constituição de uma região enquanto espaço em que existe uma sociedade que o organiza e dirige. São retomados elementos que caracterizam o processo de criação e organização do Conselho, o diagnóstico sócio-econômico-ambiental que realizou, bem como as principais ações implementadas e o alcance dos resultados.

Palavras-chave


Impacto Ambiental; Desenvolvimento Regional; Sustentabilidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X