Estudo da influencia do crescimento da construção civil na deposição de resíduos solidos: estudo de caso no município de Caraguatatuba

Alberto Scherrer, José Luis Gomes da Silva, Luiz Antonio Perrone Ferreira de Brito

Resumo


A indústria da construção civil na condição de um dos setores mais importantes da economia do Brasil agrega em sua cadeia produtiva várias atividades econômicas Trata-se de um segmento de relevante importância à economia que emprega elevado número de pessoas e, gerando riquezas, promovendo o desenvolvimento de uma região. Não menos importante, é seu cunho social, uma vez que esse segmento empresarial atende às mais diversas classes socioeconômicas, ao construir unidades residenciais e comerciais. Destaque-se, porém, que recai sobre a indústria da construção civil uma acentuada responsabilidade no âmbito da gestão ambiental, face à volumosa geração de resíduos sólidos, cujo tratamento deve estar fundamentado nos procedimentos próprios no enfoque da preservação dos recursos naturais e uso racional do espaço físico que ocupa com a construção de unidades habitacionais e congêneres. Daí, emerge a necessidade de se levar à efeito ações compartilhadas e integradas com o poder público, cujas normativas têm caráter regulatório e de fiscalização, visando minimizar a geração de tais resíduos, assim como orientação quanto à reciclagem e reutilização desses. O objetivo deste trabalho é apresentar a influência do crescimento da indústria da construção civil na geração e deposição dos resíduos sólidos no Município de Caraguatatuba entre os anos de 2004 e 2012. Como conclusão do trabalho, sugere-se que no município pesquisado exista deposição incorreta de resíduos da construção civil, com um forte vetor de agressão ao meio ambiente.

Palavras-chave


Gestão; Meio ambiente; Construção Civil; Resíduos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X