Caminhos bifurcados do desenvolvimento local - As boas práticas de gestão pública das cidades entre a competição e a solidariedade

Elói Martins Senhora

Resumo


No cenário contemporâneo, em que as realidades locais têm assumidocada vez maiores responsabilidades no desenvolvimento do território a partir dos processos de descentralização que se levaram a cabo em todo o mundo, o presente artigo apresenta elementos para uma reflexão teórica sobre os modelos de políticas públicas implementados nas cidades para o desenvolvimento. O trabalho demonstra que o desenvolvimento local tem desvelado um conjunto variado de práticas e de perspectivas que reflete os diferentes sentidos atribuídos à noção de desenvolvimento e à multiplicidade de atores, que pode ser compreendido em duas vertentes básicas de tendências na gestão das cidades: o ativismo democrático e o empreendedorismo competitivo. Com essa discussão, são explicitadas as variadas formas e relações entre a inclusão e o desenvolvimento econômico, político e social, alertando para a sua característica necessariamente multidimensional e complementar e para os desafios que encerram, sobretudo quando se leva em conta que tais relações se reproduzem de maneira complexa e problemática no contexto local brasileiro.

Palavras-chave


ativismo democrático, desenvolvimento local, empreendedorismo competitivo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X