Elite intelectual do Rio Grande do Sul (1930 – 1950)

Andrius Estevam Noronha

Resumo


Este artigo tem por objetivo a análise da formação da elite intelectual do Rio Grande do Sul durante as décadas de 1930 até 1950, período marcado por três acontecimentos: a consolidação das instituições governamentais em nível estadual sob hegemonia federal de Getúlio Vargas; a formação dos cursos de Ciências Humanas na Universidade do Rio Grande do Sul, centrado nos cursos de História e Geografia e a formação do mercado cultural nesse período, tendo a Revista do Globo como estudo de caso. Limitamos a análise da formação desse segmento no contexto marcado pela estabilização política do Rio Grande do Sul, que unificaram suas elites para apoiar o governo presidido por Getúlio Vargas em âmbito nacional.

Palavras-chave


Elite intelectual, Rio Grande do Sul, Governo Vargas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X