Abordagens espaço-relacional de organização da produção em estudos de atividades de produção agroindustrial no Brasil

Mario Otávio Batalha, Alceu Gomes Alves Filho, Claudia De Mori

Resumo


Diversas nomenclaturas têm sido usadas para definir e analisar aglomerações produtivas como distrito industrial, pólo de desenvolvimento, cadeia de produção, “cluster”, sistema ou arranjo produtivo local e rede. O objetivo do presente artigo consiste em sistematizar e analisar o emprego das diferentes abordagens espaço-relacional de organização da produção em estudos de atividades de produção agroindustrial no Brasil. Para tanto, o artigo apresenta breve revisão teórica sobre aglomerações produtivas e realiza diagnóstico do emprego destas abordagens em um conjunto de dissertações e teses relacionadas a atividades agroindustriais no Brasil. Com base nisto, tecem-se algumas considerações sobre as abordagens em termos de focos intrínsecos de análise e adequação. O conteúdo do artigo é de ordem teórico-conceitual e exploratório, usando técnica de análise de documentação indireta.

Palavras-chave


abordagem espaço-relacional de organização da produção, atividades agroindustriais, aglomerações produtivas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X