A estratégia de dominação pelos custos na piscicultura sul-mato-grossense: o caso da região de Dourados/MS

Andre Ximenes de Melo, Paulo Augusto Ramalho de Souza, Renato Luiz Sproesser, Patrícia Campeão

Resumo


O Brasil apresenta grande potencial para a agricultura, pois conta com mais de 8000 km de costa marítima e 5.500.000 hectares de laminas de água doce. Algumas espécies nativas como o pintado e o pacu são muito apreciadas na culinária brasileira. No entanto, a piscicultura enfrenta uma serie de problemas que tem dificultado sua consolidação como atividade comercial. Dentre elas destacam-se a falta de planejamento e de gestão das diversas atividades que compõem a cadeia produtiva do peixe e, especialmente da piscicultura. Os objetivos deste estudo consistem em identificar as principais estratégias adotadas pelos piscicultores e seus respectivos condutores. Utilizou-se, para tal, o método de estudo de caso calcado em pesquisa documental e analise de dados primários. Os resultados apontam para a predominância de estratégia de dominação por custos, contudo com um deficiente controle dos custos operacionais por parte dos piscicultores.

Palavras-chave


Competitividade, custo, peixe, piscicultores.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X