Determinantes da ocupação no mercado de trabalho de maridos e esposas

Patrick Wöhrle Guimarães, Cristiane Márcia dos Santos

Resumo


Este artigo analisa a probabilidade de ocupação no mercado de trabalho de maridos e esposas e aponta fatores que possam estar atuando de maneira mais ou menos intensa nessa decisão. Essa análise é feita para a área urbana do Brasil através do modelo Probit Bivariado Aparentemente Não-Relacionado e utilizando os microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios de 2006 com todas as características do seu plano amostral complexo (peso, estrato e unidade primária). Os resultados obtidos mostraram que há interação das características que determinam a ocupação de maridos e esposas no mercado de trabalho.

Palavras-chave


Mercado de trabalho, Maridos, Esposas, Modelo Probit Bivariado Aparentemente Não-Relacionado, Amostra complexa.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X