A INFLUÊNCIA DAS POLÍTICAS PÚBLICAS NA PRODUÇÃO DO ESPAÇO URBANO: O CASO DO BAIRRO DA MOOCA / SÃO PAULO – BRASIL

Soraia Cristina Barroso Vitiello, Diego de Melo Conti, Edson Aparecida de Araujo Querido Oliveira, Cristiano Capellani Quaresma, Meriellen Nuvolari Pereira Mizutani

Resumo


As cidades apresentam um desenvolvimento dinâmico e transformador, associado a uma série de variáveis socioculturais e econômicas que influenciam na produção do espaço urbano. O processo de desenvolvimento aponta para um futuro cada vez mais urbano, cujo panorama não é favorável para o desenvolvimento sustentável, sendo esse o grande desafio a ser enfrentado pelas cidades. O presente artigo discute os aspectos sócio-políticos das legislações urbanas paulistanas e as suas relações com a sustentabilidade da cidade, apresentando um estudo de caso do bairro da Mooca / São Paulo - Brasil. Para isso, foi realizada uma análise histórica de desenvolvimento urbano da região, apresentando um panorama geral das fases da Revolução Industrial e dos estilos arquitetônicos e urbanísticos, associados às discussões sobre sustentabilidade urbana e a suas aplicações nas políticas urbanas, sobretudo da cidade de São Paulo. O resultado deste estudo apresenta um diagnóstico entre as relações de morfologia das construções, políticas urbanas e desenvolvimento sustentável.


Palavras-chave


Sustentabilidade Urbana. Políticas Urbanas. Morfologia das Construções.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X