A POBREZA MULTIDIMENSIONAL EM SALVADOR DIMINUIU? EVIDÊNCIAS A PARTIR DA ABORDAGEM ESPACIAL

Ricardo Candéa Sá Barreto, Eli Izidro dos Santos, Ícaro Célio Santos de Carvalho

Resumo


Este trabalho teve como objetivo analisar a pobreza multidimensional nos bairros de Salvador. Nesse sentido, considerou-se em sua estrutura outras variáveis que igualmente privam os cidadãos, além da renda, no cálculo do Índice de Pobreza (IP). Assim, organizaram-se os bairros de Salvador em rankings de pobreza que, mediante comparação com o IDH, demonstraram-se consistentes para o estudo espacializado da pobreza na capital baiana, além de evidenciar uma redução de 59,91% entre 2000-2010. Também, foi encontrada concentração de baixa e alta pobreza em diversas áreas do município, principalmente na zona norte de Salvador. Utilizou-se, ainda, um modelo econométrico espacial, que apontou os determinantes da condição de pobreza para os anos de 2000 e 2010, cuja influência foi negativa para renda média e longevidade, já a mortalidade infantil, o analfabetismo e a desigualdade de renda apresentaram influência positiva.

Palavras-chave


Desigualdade Social. Pobreza Multidimensional. Concentração de Pobreza. Índice de Pobreza. Econometria Espacial.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X