TIPIFICAÇÃO DOS ESTABELECIMENTOS AGROPECUÁRIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR GAÚCHA DE ROQUE GONZALES

Junior Miranda Scheuer, Miguel Vassallo, Virgínia Gravina

Resumo


Objetivou-se investigar as relações socioeconômicas dos estabelecimentos agropecuários, da agricultura familiar gaúcha de Roque Gonzales, que permitam a sua tipificação e a compreensão dos aspectos vinculados ao desenvolvimento rural. Para o estudo, selecionaram-se os agricultores familiares, por meio da amostragem estratificada proporcional, e realizaram-se entrevistas semiestruturadas durante o primeiro semestre de 2018. Para a apreensão dos sistemas, elaborou-se um modelo de tipificação a partir de variáveis quantitativas e qualitativas, com respaldo na literatura, no contexto, no contato com as entidades rurais e com os próprios agricultores. A tipificação foi determinada pela renda bruta rural, integrada com as demais variáveis quanti-qualitativas. O modelo foi composto por grupos e subgrupos, utilizando-se o teste de Tukey para as médias. No exame dos dados quantitativos, utilizou-se a estatística descritiva e, nos qualitativos, a análise de conteúdo. Pela aplicação da tipificação, encontraram-se estabelecimentos agropecuários descapitalizados, em descapitalização, em capitalização e capitalizados. A principal heterogenia entre os grupos se deu pela renda bruta rural e desta se relaciona a área, especialização produtiva, inserção no mercado, agroindustrialização, mão de obra, tecnologia, escolaridade, capacitação, apoio institucional e políticas públicas. A atividade principal, gestão e inter-relação social se apresentaram de forma mais homogênea. Reitera-se a lacuna de desenvolvimento entre os estabelecimentos descapitalizados com os capitalizados em três pontos: renda, apoio institucional e políticas públicas. As disparidades socioeconômicas reveladas pela tipificação é condição básica para o desenho e para a implementação de políticas públicas. Destarte, o desenvolvimento rural será alcançado quando existir uma sinergia sistêmica dos protagonistas sociais.

Palavras-chave


Socioeconômico. Renda bruta rural. Políticas públicas. Desenvolvimento rural.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X