O PAPEL DA COMUNICAÇÃO DE RISCO NA CONSTRUÇÃO DA GOVERNANÇA TERRITORIAL: UMA ANÁLISE A PARTIR DO TERRITÓRIO SÃO MATEUS, MINAS GERAIS

Filipe Fernandes de Sousa, Nathália Thaís Cosmo da Silva, Douglas Mansur da Silva, Reinaldo Duque Brasil Landulfo Teixeira

Resumo


Visando contribuir para o debate sobre o enfoque territorial no Brasil, é objetivo deste artigo, analisar como os atores envolvidos na política interagem com os riscos locais, assim como desvelar as contribuições da literatura sobre comunicação e governança de riscos para a reconfiguração da política territorial, identificando o hiato existente entre a análise empírica e os debates acadêmicos. Por meio da análise documental e da revisão bibliográfica, evidenciou-se que os riscos pouco estiveram em pauta no Colegiado do Território São Mateus/MG, e portanto não houve ações contundentes direcionadas à lida com os riscos interpretados. Entretanto, sugere-se que política territorial se reveste de características importantes para promover a comunicação e respostas institucionais às incertezas e ameaças contemporâneas, ainda que seja nítida a necessidade de instituir mecanismos que as conduzam ao âmago das agendas dos territórios, e assim se construa um robusto sistema de governança de riscos.

Palavras-chave


Sociedade de Risco; Governança de risco; Politica Territorial

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X