A UTILIZAÇÃO DE ÍNDICES E INDICADORES NA EFETIVIDADE DA POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA BRASILEIRA

Bruna Marceli Claudino Buher Kureke, Márcia de Andrade Pereira Bernardinis

Resumo


A mobilidade sustentável das cidades se tornou um tema amplamente abordado, nacional e internacionalmente, nas últimas décadas. Para uma avaliação efetiva do assunto, diversas metodologias são estudadas, dentre elas a criação e a quantificação de indicadores de mobilidade urbana sustentável. No Brasil, esses indicadores compõem a Política Nacional de Mobilidade Urbana (PNMU), a partir da Lei Federal nº 12.587, e sua utilização é essencial para a avaliação e o monitoramento de Planos de Mobilidade Urbana. Este artigo, portanto, a partir de um apanhado teórico, tem o objetivo de analisar o papel desses indicadores e da sua quantificação por meio de um índice para uma aplicação mais efetiva das políticas de mobilidade no contexto brasileiro. Assim, como resultado, evidencia-se a importância do tema em confronto com a sua escassez e superficialidade, dada a sua pouca aplicação em relação ao número de planos de mobilidade já efetivados no Brasil.

Palavras-chave


Mobilidade Urbana. Indicadores. Planejamento Urbano. Política de Mobilidade Urbana Seminário.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X