IMPLICAÇÕES SOCIOECONÔMICAS E TERRITORIAIS DECORRENTES DO COMPLEXO AEROESPACIAL NA CIDADE DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS E REGIÃO

Márcia Regina de Oliveira, Adriane Aparecida Moreira de Souza, Anabela Ribeiro

Resumo


No Brasil, o estado de São Paulo concentra o maior polo aeroespacial da América Latina, localizado na cidade de São José dos Campos. Entre as maiores fabricantes do mundo, a Embraer S.A. é a empresa-âncora desse cluster e, junto a outras companhias que atuam no setor, desenvolvem seus processos e produtos para os segmentos da aviação comercial, aviação executiva e aviação agrícola, além de soluções integradas para a defesa e segurança. A economia paulista responde pela quase totalidade do setor aeroespacial brasileiro, evidenciando o caráter predominantemente paulista dessa indústria. Este artigo, derivado de um estudo em andamento, dedica-se a apresentar um breve histórico do processo de industrialização, analisar a influência socioeconômica do setor aeroespacial, no período de 2006 a 2016, em São José dos Campos e demais municípios da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte (RMVPLN), considerando, para isso, as seguintes variáveis: população, PIB, total de empresas e de empregados do setor aeroespacial.

Palavras-chave


Setor Aeroespacial; Arranjo Produtivo Local: Região Metropolitana.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X