Uma aproximação teórica entre os postulados do ideal de sustentabilidade e a Sociologia das Ausências de Boaventura Sousa Santos

Carlos José Saldanha Machado, Maristela Barenco Corrêa de Mello, Fátima Branquinho

Resumo


Diante da complexidade das ações e inter-relações entre os atores voltados para a realização do ideal de sustentabilidade, cabe se perguntar se é possível pensá-la em sociedades em vias de desenvolvimento, como a brasileira, com base nas tecnologias intelectuais disponíveis, ou, é preciso buscar uma alternativa epistemológica para fazer face ao modo dominante de pensar cientificamente as relações sociais? O presente artigo tem como objetivo estabelecer uma aproximação teórica entre os postulados de sustentabilidade e a Sociologia das Ausências de Boaventura Sousa Santos. Baseando-se no relato de algumas experiências sociais, na terceira seção iremos evidenciar as possibilidades de construção do diálogo proposto. Concluímos formulando algumas considerações provisórias que apontam para a continuidade da reflexão aqui iniciada para levar em conta, dessa vez, a Sociologia das Ausências e o Trabalho de Tradução, partes constitutivas do modelo de leitura sociológica das sociedades em vias de desenvolvimento praticado por Santos.

Palavras-chave


Brasil; Boaventura Souza Santos; Ideal de Sustentabilidade; Sociologia das Ausências

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X