Diagnóstico da Política de Inventário e a sua importância para a administração estratégica da manufatura

José Luis Gomes da Silva, Aurimar José Pinto

Resumo


A constante necessidade de redução de custos operacionais das empresas tem transformado o Inventário em fonte preferencial, para este fim, pela alta administração. O alto valor de investimento que ele representa para as organizações, além da contribuição imediata no fluxo de caixa, quando da sua redução, faz com que o inventário seja uma fonte de vantagem competitiva. O objetivo deste trabalho é compreender o comportamento das variáveis independentes, como o ciclo da produção ou lead-time, taxa diária de demanda do item de produto acabado e tempo de intervalo entre ordens de produção, e os seus efeitos no cálculo de uma política de inventário. O estudo é realizado em uma empresa de manufatura de produção intermitente repetitiva em lotes de pequenas quantidades e grande variedade de produtos. Técnicas de fluxo de valor são aplicadas para detalhamento dos processo de produção e do seu respectivo planejamento. Com os dados obtidos desenvolvem-se os cálculos de estoque de segurança, estoque médio e máximo, sob a óptica das abordagens de gerenciamento por Ponto de Reposição e Revisão Periódica.

Palavras-chave


política de inventário, lead time, demanda

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X