Sistema Local de Inovação em Economia Solidária: embrião de processos de desenvolvimento territorial

Pedro de Almeida Costa

Resumo


O presente ensaio tem o objetivo de lançar as bases teóricas e conceituais de uma pesquisa em andamento, que procura avaliar o potencial de desenvolvimento de um território a partir da captação das dinâmicas de inovação em Economia Solidária nele presentes. Será desenvolvida uma pesquisa-ação junto a uma comunidade específica, já atendida por projetos de mobilização social, de um município de uma grande região metropolitana brasileira, na qual se espera poder contribuir no processo de dinamização das práticas solidárias ali encontradas. O conjunto de reflexões empreendidas visa, num primeiro momento, demonstrar que a noção de Gestão Social é adequada para abordar, captar e entender tais dinâmicas comunitárias, para, logo em seguida, já articular essa noção com outras, vindas de diferentes campos de conhecimento, que ajudem a construir um modelo analítico dessa dinâmica e subsidie, assim, as fases posteriores da pesquisa. Parte-se da hipótese que o potencial de desenvolvimento do território será tanto maior quanto maior for a proximidade entre as práticas comunitárias e as dinâmicas de inovação descritas no modelo analítico proposto.

Palavras-chave


Gestão Social; Economia Solidária; Desenvolvimento Territorial

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.