Tipologia dos 4C’s no complexo agroindustrial da cachaça de alambique do Rio Grande do Sul

Ana Claudia Machado Padilha, Thaisy Sluszz, Tania Nunes da Silva

Resumo


O estudo tem como objetivo aplicar a tipologia dos 4C’s em dois elos do Complexo Agroindustrial da cachaça de alambique no Rio Grande do Sul. A coleta dos dados foi por meio de questionários e visitas in loco. Percebeu-se que a coordenação requer fortalecimento, comprometimento e integração mais efetiva entre os elos. A colaboração é incrementada pela participação de entidades de P&D, com investimentos em novas técnicas de cultivo e desenvolvimento de novos produtos. Na comunicação, identificou-se um esforço de desenvolvimento de mecanismos para organizar o setor com vistas à competitividade. Já a coopetição demanda o estabelecimento de vínculos sustentáveis relativos à promoção das parcerias para competir com a indústria de cachaça industrial e melhor atender seus clientes. Verifica-se, então, que a partir do incremento de ações nos 4C’s, o setor da cachaça de alambique poderá dar conta das mudanças e superar os desafios dos mercados.

Palavras-chave


cachaça de alambique; complexo agroindustrial; agronegócios.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X