A Convenção Quadro para Controle do Tabaco (CQCT) nas percepções de produtores de tabaco e agentes de desenvolvimento

Alessandra Troian, Marcelo Leandro Eichler, Fábio Kessler Dal Soglio

Resumo


A Convenção Quadro para Controle do Tabaco (CQCT) é um tratado internacional de saúde pública e a adesão do Brasil ao tratado foi em 2005. A ratificação do Brasil trouxe uma série de implicações, em função de ser o segundo maior exportador de fumo em folha e um dos quatro maiores produtores de tabaco do mundo. Neste contexto, o artigo visa a apresentar e discutir algumas percepções que os agricultores e agentes de desenvolvimento do município de Arvorezinha (RS) possuem a cerca da CQCT. O estudo de inspiração etnográfica foi realizado a partir de metodologias qualitativas, com o uso de entrevistas semi-estruturadas, observação participante e caderno de campo. Foram entrevistados 17 famílias produtoras de tabaco de diferentes comunidades rurais do município e 7 agentes de desenvolvimento e líderes locais, durante os meses de fevereiro a junho de 2009. Os resultados apontam para um desconhecimento da medida federal. Porém, mesmo desconhecendo o acordo internacional, a percepção em relação à CQCT é negativa, em função do acordo poder refletir na produção de tabaco e no retorno fiscal para o município.

Palavras-chave


Convenção Quadro; Controle do Tabaco; Percepções

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X