Convergência de renda na Amazônia legal: estudo no arco do povoamento adensado

Norberto Martins Vieira, Cláudia Maria Sonaglio, Fátima Marília Andrade de Carvalho

Resumo


Este trabalho procurou analisar empiricamente o comportamento do crescimento econômico e das desigualdades de renda nos estados do Mato Grosso, Rondônia e Tocantins que estão inseridos no Arco do Povoamento Adensado, região da Amazônia Legal. Foram realizados testes de convergência utilizando dados dos municípios e microrregiões, no período 1980-2005. Os resultados sugerem a existência da hipótese de convergência absoluta e condicional de renda, contudo o teste s-convergência, não permitiu afirmar que as disparidades na região diminuíram. De acordo com os testes de Drenan e Lobo, pôde-se constatar que, em geral, ocorreu ß-convergência absoluta entre os municípios e microrregiões da região. O teste de Quah apontou ß-convergência, embora para estados estacionários diferentes, formando, portanto, clubes de convergência. As desigualdades de renda persistem como problema, pois mesmo verificando-se a redução das disparidades, diferenças estruturais conduziram às microrregiões e os municípios do Arco do Povoamento Adensado a diferentes estados estacionários de renda.

Palavras-chave


Desigualdades de renda, Convergência de renda, Amazônia Legal.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X