Efetividade de hedge e razão ótima de hedge para cultura do milho no estado de Goiás

Odilon José de Oliveira Neto, Reginaldo Santana Figueiredo, André Grossi Machado

Resumo


Este estudo tem como objetivo analisar as operações de hedge do milho no mercado futuro da BM&F para o Estado de Goiás e definir a razão ótima de hedge desta operação e sua respectiva efetividade. As séries temporais utilizadas de preços futuros e a vista são referentes ao período de maio de 2002 a outubro de 2006 e foram obtidas junto ao Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada. Aplicando o teste da raiz unitária, inferiu-se que ambas as séries são estacionárias na primeira defasagem (P=1). Como resultado, observou-se que a efetividade das operações de hedge do milho para o Estado de Goiás diminui o risco em aproximadamente 70%. Esse resultado determina a relevância da utilização das operações de hedge no mercado futuro da BM&F para o Estado de Goiás, e a utilização do modelo de Myers e Thompson (1989) aplicado no estudo como parâmetro para a análise das operações de hedge.

Palavras-chave


Hedge, Mercado futuro, Milho.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X