A COMUNICAÇÃO EM REDE NA ERA ATUAL, A DO PERÍODO TÉCNICO-CIENTÍFICO-INFORMACIONAL, E A PERSPECTIVA DE PLANEJAMENTO TERRITORIAL PARTICIPATIVO

Rubens Staloch, Isa de Oliveira Rocha, Pedro Martins

Resumo


As tecnologias da informação e da comunicação (TIC) proporcionam um rico debate sobre as novas formas de organização social e do desenvolvimento de novas territorialidades no ciberespaço. A partir de tal premissa, este texto apresenta reflexões sobre a proposição de inserção das TIC, como, por exemplo, via aplicativos, na execução do planejamento territorial participativo. Postula-se que o território é o resultado da impressão das relações sociais no espaço, ou seja, das territorialidades existentes, as quais podem hoje ser mediadas no ciberespaço. O percurso teórico-metodológico culmina com a proposição de que o ciberespaço pode ser explorado na via de contribuir com o planejamento e o desenvolvimento urbano e regional. A proposta não esgota o diálogo sobre o tema, muito pelo contrário, o objetivo é abrir horizontes para discussões que facilitem o entendimento sobre o alcance das dinâmicas sociais recentes, desenhadas no âmbito do ciberespaço e aplicadas ao planejamento e desenvolvimento territorial, sobretudo, participativo, pois a comunicação é fator fundamental que incide nos processos de desenvolvimento de um território, atuando como elemento estratégico para uma nação.

Palavras-chave


Planejamento Territorial. Ciberespaço. Planejamento Territorial Participativo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X