Processo de regionalização da saúde na percepção dos gestores

Quesia Postigo Kamimura, Edson Aparecida Araujo Querido Oliveira

Resumo


O objetivo do artigo é analisar o processo de regionalização, no tocante à motivação, planejamento, processo de implementação e financiamento, na percepção dos gestores de saúde. Partiu-se da revisão do tema central com base nos preceitos constitucionais, a construção do SUS norteia-se pelos princípios da universalidade, da eqüidade e da integralidade. Os princípios que regem a sua organização são a regionalização e hierarquização. Por meio da abordagem qualitativa, foram realizadas entrevistas semiestruturadas junto a sete gestores de uma região de saúde no Estado de São Paulo e utilizou-se da técnica análise de conteúdo para a análise. O processo foi ascendente, impulsionado pela iniciativa dos municípios junto ao Estado na busca por respostas às demandas da população e perceberam a necessidade de integração entre os serviços e de construção de uma rede intermunicipal. Houve um significativo incremento de recursos próprios municipais no financiamento da saúde. Há desigualdades no financiamento e há conflitos a serem superados na alocação de recursos entre os municípios.

Palavras-chave


regionalização; saúde pública; financiamento

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X