O USO DA LUZ DE TRÁFEGO INTELIGENTE NA MOBILIDADE URBANA SUSTENTÁVEL: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA DA LITERATURA

Eidy Regina Marcílio Cavalheiro, Cristiano Capellani Quaresma, Diego Melo Conti

Resumo


O crescimento expressivo da população, particularmente nas áreas urbanas, é acompanhado pela restrição na mobilidade urbana, ocasionada por distintos fatores, dentre eles pelo aumento de veículos nas vias e os consequentes congestionamentos no tráfego. Este problema impulsiona a busca por soluções, em vários segmentos relacionados as políticas públicas, que permitam diminuir o tempo despendido no trânsito e os problemas decorrentes desta exposição. As soluções tecnológicas desempenham um papel fundamental nesse cenário, à exemplo das soluções relacionadas a controles semafóricos inteligentes por se apresentarem como uma alternativa eficiente para os problemas de mobilidade. Com a crescente evolução tecnológica surgem várias possibilidades de implementação que atendem de forma dinâmica às necessidades impostas pelo tráfego. Contudo, analisando a literatura existente, verifica-se que existem trabalhos acadêmicos que estudam o aumento do número de veículos nas vias e os impactos negativos gerados pelo congestionamento nas cidades, porém, ainda se verifica uma literatura escassa quando se tratam de soluções tecnológicas para o problema de congestionamento. Nesse sentido, este artigo fornece uma revisão sistemática de literatura relacionada a semáforos inteligentes para identificar quais soluções são viáveis no atendimento às demandas características de cada região e que possam servir de insumo na elaboração de políticas públicas. Os estudos selecionados abordam prioritariamente temas como a utilização de sensores, câmeras e Internet das coisas como forma de detecção do volume e densidade do tráfego e estratégias distintas na elaboração dos algoritmos que, baseado nas condições do tráfego, fornecerão os melhores tempos de verde aos semáforos.

Palavras-chave


Sensores, Câmeras, Processamento de Imagens, Internet das Coisas, IoT, Tempo real

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X