APLICABILIDADE DAS POLÍTICAS PÚBLICAS EDUCACIONAIS PARA INCLUSÃO DOS DEFICIENTES FÍSICOS EM GUARAÍ/TO SOB A ÓTICA DO DESENVOLVIMENTO LOCAL

Zilma Cardoso Barros Soares, Lourival da Cruz Galvão Júnior, Edson Trajano Vieira, Leila Urioste Rosso Pires

Resumo


Os deficientes físico-motores são representantes da heterogeneidade social e os dispositivos legais que convergem na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira (Lei 9.394/1996), amparados pela Lei 10.098/2000 que estabelece normas gerais e critérios básicos à promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida, tornam possível a inclusão desse grupo nas atividades econômicas. Assim, este estudo analisa quais são e como têm sido aplicadas políticas públicas educacionais para inclusão dos deficientes físicos no município de Guaraí, Estado de Tocantins, sob a ótica do desenvolvimento daquela localidade. Como metodologia foi empregada uma pesquisa social que utilizou questionários e entrevistas com pessoas deficientes físico-motoras a fim de avaliar a influência das políticas públicas educacionais no processo de inclusão social. Com base nos resultados encontrados, a maioria dos deficientes físico-motores de Guaraí nunca ingressou no mercado de trabalho e sobrevive de doações, aposentaria ou pensão. Além disso, eles não completaram a escolaridade na educação básica e poucos representantes finalizaram o ensino superior. Concluiu-se que as políticas públicas educacionais para inclusão social de deficientes físicos apresentam falhas e necessitam de adequações, fato que impacta no processo de desenvolvimento de Guaraí/TO.

Palavras-chave


Deficiência Física Motora. Educação. Trabalho. Desenvolvimento Local.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X