FILOSOFIA DOS ESPAÇOS DE COWORKING NO NORDESTE BRASILEIRO: ANÁLISE DOS ELEMENTOS OPERACIONAIS

Autores

  • Adriana Fumi Chim-Miki
  • Karla Roberta de Oliveira Farias
  • Verônica Macário de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.54399/rbgdr.v17i3.6457

Palavras-chave:

Coworking. Economia Compartilhada. Elementos operacionais de coworking.

Resumo

A ascensão do coworking como formato organizacional alinhado a economia do compartilhamento gera a necessidade de compreender os fatores que expressam seu modelo operacional que tende a uma filosofia de trabalho. Assim, este trabalho objetivou analisar quais os fatores operacionais que se alinham com a filosofia de coworking encontrados em espaços que atuam no nordeste brasileiro. A pesquisa é qualitativa, sendo um estudo descritivo-exploratório com uma amostra de 55 coworkings, situados nos nove estados do nordeste brasileiro. Uma análise de conteúdo analisou três dimensões para o funcionamento de espaços de coworking. Os resultados indicaram que estes espaços exigem aprimoramentos, pois atendem na média de 60% dos fatores indicados pelo modelo de hierarquia dos elementos operacionais para coworking. A melhor pontuação foi na dimensão Gestão do coworking, enquanto que o atendimento dos fatores relacionados a dimensão Apoio a Gestão e dimensão Gestão de Membros foram mais baixos. Os indicadores menos atendidos foram relacionados a formação de alianças e, instalações e dispositivos de soluções aos coworkers. Estes resultados indicam duplas perdas, para o coworker e para o empreendedor do estabelecimento, pois coloca em risco a própria oferta de serviços adequados a filosofia demandada por quem procura este tipo de estrutura operacional.

Publicado

25.10.2021

Como Citar

Chim-Miki, A. F., Farias, K. R. de O., & Oliveira, V. M. de. (2021). FILOSOFIA DOS ESPAÇOS DE COWORKING NO NORDESTE BRASILEIRO: ANÁLISE DOS ELEMENTOS OPERACIONAIS. Revista Brasileira De Gestão E Desenvolvimento Regional, 17(3). https://doi.org/10.54399/rbgdr.v17i3.6457

Edição

Seção

Artigos